INPI entrega certificado de IG relativo à banana da região de Corupá

O presidente do INPI, Luiz Otávio Pimentel, entregou nesta sexta-feira, dia 26 de outubro, em Florianópolis, o certificado de registro de Indicação Geográfica (IG), na espécie Denominação de Origem (DO), para o produto “Banana” da Região de Corupá. O requerente da IG foi a Associação dos Bananicultores da Região de Corupá (ASBANCO).

 

Banana de Corupá

Com uma área de 857,3 km2, distribuídos pelos municípios de Schroeder, Jaraguá do Sul, Corupá e São Bento do Sul, em Santa Catarina, a Região de Corupá produz bananas do subgrupo Cavendish. Uma de suas principais características é o sabor mais doce da fruta, aliado a uma menor acidez.

A Região de Corupá possui inúmeras famílias que se beneficiam da produção das bananas em um ambiente marcado pelas peculiaridades de clima e relevo, mas também pelo saber-fazer, pelas tradições e culturas locais. O produto está presente na agricultura, nas festas e eventos locais, na arquitetura, no artesanato e no lazer.

 

Entendendo a Indicação Geográfica

O registro de IG permite delimitar uma área geográfica, restringindo o uso de seu nome aos produtores e prestadores de serviços da região (em geral, organizados em entidades representativas).

A espécie de IG chamada Denominação de Origem reconhece o nome de um país, cidade ou região cujo produto ou serviço tem certas características específicas graças a seu meio geográfico, incluídos fatores naturais e humanos.

Já a espécie Indicação de Procedência se refere ao nome de um país, cidade ou região conhecido como centro de extração, produção ou fabricação de determinado produto ou de prestação de determinado serviço.

 

via INPI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *